sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Cobrança - Ações Das Companhias de Telefone

Palavras chaves: ações telebras; ação telebras; ações companhia telefone; ação companhia de telefone; ação companhia telefone; ações telemig; ações telepar; ações de telefone; ação telepar; ação telefone; ação telefone; ação telefonica; ação telefonia; ação telefone fixo; ação telefonia ações; ação telemar; ação telesp.


Introdução Quem adquiriu linhas telefônicas nos anos de 1988 a 06/1997, adquiria também, ações das companhias telefônicas. No entanto, as referidas empresas demoraram para subscrever tais títulos gerando prejuízo para os adquirentes e o consequente direito a ação de cobrança.


Nesse sentido apresentamos:

A. Modelo de Petição Inicial; Com esse modelo, basta qualificar os autores e ajuizar a ação. Modelo está pronto, muito bem fundamentado e atualizado com as jurisprudências mais atualizadas sobre o tema. É a mesma petição que usamos nas nossas causas, ou seja, primamos pela qualidade.

B. Cópia integral de um processo sobre a questão, transitado em julgado, no qual os autores tiveram a sua pretensão totalmente reconhecida em juízo; Esse item é muito interessante para quem nunca atuou nesse tipo de processo. Com ele mostramos como se comporta os réus nesse tipo de ação; como o Judiciário decide; se é necessário audiência, perícia, ou não, como elas se dão e o resultado que é o mesmo para todos os casos; é muito importante para quem quer se aprofundar nessa ação.

C. Planilha de cálculo para atualização dos valores devidos. Essa planilha é indispensável para descobrir quanto o autor tem direito a receber e se os cálculos do réu estão corretos. É de fácil utilização, feita no Excel.

D. Minuta de oficio para as companhias de telefone pedindo os documentos necessários para o ajuizamento da ação. Documento necessário para quem sabe que tinha a linha mas não tem nenhum documento que comprove isso. Auto explicativo, basta preencher com os dados do cliente e enviar. Aguardar o prazo dado e mesmo sem resposta, serve como base para o interesse de agir.

E. Minuta de impugnação a contestação; Primordial para rebater os argumentos da contestação. Bem fundamentada e retoma os pedidos iniciais.

F. Minuta de contra razões a apelação; Mesmo após sentença desfavorável, se o réu recorrer, já estará a disposição a minuta de contra razões, buscando rebater os argumentos e manter a sentença favorável.

G. Explicativos de como calcular o valor devido; Diz como calcular o valor devido ao autor, podendo assim, apresentar memorial de cálculos na inicial ou no cumprimento da sentença, bem como, rebater cálculos dos réus, caso estejam errados, com fundamentação jurídica e matemática.

INVESTIMENTO:  
  • Itens de "A" a "B" pelo custo de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais),
     
  • Material completo, itens de "A" a "G" pelo custo de R$ 200,00 (duzentos reais);
FORMA DE PAGAMENTO: Depósito ou transferência bancária:

  • Banco Itaú S.A (código para DOC 341), Ag. 6946-0, conta corrente 01196-9, titular Alexandre Alves Porto, CPF 045.009.399-97; ou
  • Caixa Economica Federal (código para DOC 104), Ag. 1546, conta poupança 013.00064569-2, titular Alexandre Alves Porto, CPF 045.009.399-97. Saliento que o depósito na CEF pode ser feito junto as Casas Lotéricas.
ENVIO DO MATERIAL: Por e-mail, logo após o envio do comprovante de pagamento para o endereço eletrônico modelosdeiniciais@hotmail.com, indicando o material requerido. Envio rápido e eficiente INCLUSIVE NOS FINAIS DE SEMANA.


MAIORES INFORMAÇÕES:

Veja também outros materiais: no índice do nosso site http://modelosdeiniciais.blogspot.com/p/indice-de-modelos-de-peticoes-iniciais.html.


Alexandre Alves Porto

Modelos de Iniciais

4 comentários:

  1. Quem já vendeu as ações que possuiam, também tem direito??....ou o comprador é quem tem???
    ex: comprei de um terceiro em 1996, o terceiro havia comprado em 1992.
    Quem pode ingressar com a ação???

    ResponderExcluir
  2. Nesse caso, quem pode entrar com as ações é quem sofreu danos. Como tanto o senhor, quanto o comprador original adquiriram as ações dentro do período em que houve irregularidade, a princípio, penso que os dois podem entrar com ação, cada um requerendo a reparação do seu prejuízo.

    ResponderExcluir
  3. Tenho várias ações pra peticionar, gostaria de adquirir o material, mas preciso saber mais sobre esse processo.

    ResponderExcluir
  4. Ok, estou a disposição para solucionar qualquer dúvida. Favor, encaminhar as mesmas para o e-mail modelosdeiniciais@hotmail.com ou porto_alexandrealves@yahoo.com.br, assim, as respostas serão expedidas de maneira mais rápida.

    ResponderExcluir