sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Modelo de petição inicial e peças de defesa: Abandono Afetivo

Recentemente o STJ se pronunciou no sentido de que o abandono afetivo por parte dos pais é passível de indenização por danos morais. A frase “amar é faculdade, cuidar é dever” da ministra Nancy Andrighi, ilustra bem o posicionamento da Corte Superior.
No caso julgado, a autora ajuizou ação em face do pai, após ter obtido reconhecimento judicial da paternidade, alegando ter sofrido abandono material e afetivo durante a infância e adolescência.

Como bem destacou a Ministra, “aqui não se fala ou se discute o amar e, sim, a imposição biológica e legal de cuidar, que é dever jurídico, corolário da liberdade das pessoas de gerarem ou adotarem filhos”. 


No caso analisado, a ministra ressaltou que a filha superou as dificuldades sentimentais ocasionadas pelo tratamento como “filha de segunda classe”, sem que fossem oferecidas as mesmas condições de desenvolvimento dadas aos filhos posteriores, mesmo diante da “evidente” presunção de paternidade e até depois de seu reconhecimento judicial. 


Alcançou inserção profissional, constituiu família e filhos e conseguiu “crescer com razoável prumo”. Porém, os sentimentos de mágoa e tristeza causados pela negligência paterna perduraram.


Assista ao video sobre o tema no nosso canal do YOUTUBE: http://www.youtube.com/watch?v=cqIZPpy6rBA&feature=plcp

Nesse sentido, apresentamos:

A. Modelo de petição inicial buscando o pagamento de indenização em virtude de abando afetivo;

B. Modelo de contestação refutando o pedido de indenização por abandono afetivo.

C. Explicativo da ação.

D. Modelo de impugnação a contestação;

E. Cópia de uma sentença julgando improcedente a lide;

F. Cópia de um acórdão de julgamento procedente sobre o caso;

G. Minuta de recurso de apelação da autora;

H. Contra razões a apelação da autora;

I. Recurso especial do réu;

J. Cópia de acórdão do julgamento proferido pelo STJ, dando provimento ao pedido da autora.

INVESTIMENTO:  
  • Qualquer item por R$ 150,00 (cento e cinquenta reais). 
FORMA DE PAGAMENTO: Depósito ou transferência bancária:

  • Banco Itaú S.A (código para DOC 341), Ag. 6946-0, conta corrente 01196-9, titular Alexandre Alves Porto, CPF 045.009.399-97; ou
  • Caixa Economica Federal (código para DOC 104), Ag. 1546, conta poupança 013.00064569-2, titular Alexandre Alves Porto, CPF 045.009.399-97. Saliento que o depósito na CEF pode ser feito junto as Casas Lotéricas.
ENVIO DO MATERIAL: Por e-mail, logo após o envio do comprovante de pagamento para o endereço eletrônico modelosdeiniciais@hotmail.com, indicando o material requerido. Envio rápido e eficiente INCLUSIVE NOS FINAIS DE SEMANA.



PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA: entregamos o material em no máximo 1 (uma) hora após o recebimento do comprovante de pagamento. OFERTA VÁLIDA PARA COMPROVANTES ENVIADOS DAS 8:00 HORAS ATÉ AS 18:00 HORAS. De qualquer forma, todos os materiais são entregues no mesmo dia da chegada do comprovante de pagamento.

MAIORES INFORMAÇÕES:

  • Telefones (44)3259-1165, ou 9907-2861 (TIM);
  • E-mail e msn modelosdeiniciais@hotmail.com ;
  • E-mail porto_alexandrealves@yahoo.com.br .
Veja também outros materiais:
http://modelosdeiniciais.blogspot.com/p/indice-de-modelos-de-peticoes-iniciais.html.


Alexandre Alves Porto
Modelos de Iniciais

Nenhum comentário:

Postar um comentário